Tecnologia: Meio ou fim?

O desenvolvimento científico e tecnológico, particularmente na área da biomedicina, gera inevitavelmente problemas éticos inéditos e leva-nos a questionar o conceito tradicional de neutralidade moral da ciência. Do mesmo modo, as novas tecnologias médicas parecem ganhar cada. vez mais uma aut... Ausführliche Beschreibung

1. Person: Antunes, João Lobo verfasserin
Quelle: in Revista Portuguesa de Filosofia Vol. 62, No. 1 (2006), p. 173-184
Weitere Artikel
Format: Online-Artikel
Sprache: Portuguese
Veröffentlicht: 2006
Beschreibung: Online-Ressource
Schlagworte: research-article
Biomedicina
Bomba Atómica
Células estaminais
Ciência e Ética
Clonagem
Ética e Ciência
Genotna Hutnano
Investigação científica
Medicina
Meios e Fins
Tecnologia
Valores
Biomedicine
Atomic Bomb
Stem cells
Science and Ethics
Cloning
Ethics and Science
Human genome
Medicine
Ends and Means
Technology
Values
Scientific research
Online Zugang: Volltext
Volltext
Tags: Hinzufügen
Keine Tags. Fügen Sie den ersten Tag hinzu!
Anmerkung: Copyright: Copyright RPF - Todos os Direitos Rreservados
Zusammenfassung: O desenvolvimento científico e tecnológico, particularmente na área da biomedicina, gera inevitavelmente problemas éticos inéditos e leva-nos a questionar o conceito tradicional de neutralidade moral da ciência. Do mesmo modo, as novas tecnologias médicas parecem ganhar cada. vez mais uma autonomia própria, promovendo valores que, curiosamente, se aproximam de certos traços da natureza humana, mas nem sempre têm em conta o interesse último do doente. O debate sobre questões actuais como a clonagem terapêutica ou a investigação em células estaminais têm-se caracterizado pela irredutibilidade das posições e marcado muitas vezes por forte paixão moral. O artigo mostra, assim, como nestas áreas a antiga questão dos fins a atingir e dos meios para o conseguir assume agora uma nova pertinência ética e filosófica. /// Scientific and technological developments, particularly in biomedicine, have raised new ethical dilemmas and have questioned the moral neutrality of science. Modern medical technologies have also gained their own autonomy, and promote values that are curiously similar to attributes of human nature, not always respecting the overall interests of the patients. The debate about such timely questions as therapeutic cloning or stem cell research has been mostly characterized by irreducible positions and attitudes determined by deep moral passions. The article shows why in these areas the old question about the goals and the means to achieve them has now a renewed ethical and philosophical relevance.
ISSN: 2183-461X

Ähnliche Einträge

Keine ähnlichen Titel gefunden

Privacy Notice Ask a Librarian New Acquisitions