Identificação ideológica, partidos e voto na eleição presidencial de 2006

O artigo analisa as relações entre a identificação ideológica do eleitor brasileiro, seus "sentimentos" em relação aos partidos e o voto nas eleições presidenciais de 2002 e 2006. A principal hipótese testada, a partir da análise dos dados das duas ondas do ESEB (Estudo Eleitoral Brasilei... Ausführliche Beschreibung

1. Person: Yan de Souza Carreirão verfasserin
Quelle: In Opinião Pública (01.11.2007)
Weitere Artikel
Format: Online-Artikel
Sprache: English
Spanish
French
Portuguese
Veröffentlicht: 2007
Beschreibung: Online-Ressource
Online Zugang: Online
Online
Online
Online
Online
Volltext
Tags: Hinzufügen
Keine Tags. Fügen Sie den ersten Tag hinzu!
  Creative Commons License Source: Directory of Open Access Journals (DOAJ).
Zusammenfassung: O artigo analisa as relações entre a identificação ideológica do eleitor brasileiro, seus "sentimentos" em relação aos partidos e o voto nas eleições presidenciais de 2002 e 2006. A principal hipótese testada, a partir da análise dos dados das duas ondas do ESEB (Estudo Eleitoral Brasileiro), é a de que após o primeiro mandato do presidente Lula houve, na percepção dos eleitores brasileiros, uma diluição das diferenças ideológicas entre os partidos, o que redundaria em uma menor associação entre identificação ideológica e voto na eleição presidencial de 2006 comparativamente à de 2002. O artigo investiga também se houve mudanças na associação entre os "sentimentos partidários" dos eleitores e seu voto.The article analyses the relations between the Brazilian voter’s ideological identification, his/her "partisan feelings" and the vote, in the 2002 and 2006 presidential elections. The main hypothesis tested, which is based on the two waves of the ESEB (Brazilian Electoral Study) data analysis, is that after President Lula’s first mandate there was a dilution of the ideological differences between the parties in the Brazilian voters view. This dilution would result in a smaller association between ideological identification and the vote in the 2006 presidential election compared to the 2002 election. The article also examines if there were changes in the association between the voters’ "partisan feelings" and their vote.
ISSN: 0104-6276

Ähnliche Einträge

Keine ähnlichen Titel gefunden

Privacy Notice Ask a Librarian New Acquisitions